26 de abril de 2010

Freddy Locks em altas com "Seek Your Truth", segundo álbum


Freddy Locks (o lisboeta Frederico) lança o seu segundo disco, “Seek Your Truth”, que contém 13 temas dos quais 11 são originais e 2 são Dub versions, marcando o reggae em Portugal. Foi gravado em 2009 e lançado na semana passada, contando com alguns convidados especiais de Freddy como o DJ Nelassassin, MC Tony Moka, Asher Guardian e Beat Laden. “So Nice” é o single de avanço, considerado por Freddy bastante mais maduro do que o anterior, “Bring Up The Feeling”, editado em 2008. «Cada vez tento fazer as letras de uma forma menos fútil, mais directa ao assunto e mais simples para que muita gente perceba. Há muitos temas que cada pessoa pode interpretar à sua maneira. Embora haja algumas músicas em que eu foque mesmo o que quero dizer, todas as outras falam da verdade, daí o título do disco. Para mim, a nossa verdade é o único caminho para sermos felizes», afirma.
Não percam a entrevista que temos com Freddy Locks. Mesmo com o tempo a aquecer, o Pib refrescar-vos-á com música bem positiva para que os vossos dias se tornem melhores.



Priscila Andrade, 2010-04-26, 18:30h

19 de abril de 2010

“Em Fuga” é o novo disco de Tiago Bettencourt e Mantha, em altas esta semana


“Em Fuga” é o novo disco de Tiago Bettencourt e Mantha com doze originais. Foi produzido por Howard Bilerman e Chad Jones e conta com a participação de Inês Castelo-Branco, Pedro Gonçalves dos Dead Combo e Marc Seguin, artista plástico responsável pelo artwork do disco. João Lencastre está na bateria, Tiago Maia nas cordas e Benny Lackner no piano.

Segundo Tiago Bettencourt “as músicas falam, como sempre, da parte humana do mundo. São histórias ou momentos que falam de coragem e fugas, convidam ao desprendimento do que nos trava a felicidade. Tudo isto com humor, um pouco de ironia mas também seriedade”

A não perder, esta semana no PIB, mais uma surpresa de música nacional.



Priscila Andrade, 2010-04-19, 00:30h

13 de abril de 2010

You Can't Win Charlie Brown & Tara Perdida, os destacados desta semana

"A música é quase folk, feita de repetições, sejam de vozes, guitarras, piano ou percussão, que vão acumulando pormenores minuciosamente desenhados e voltas inesperadas." É esta a definição original da música de You Can't Win Charlie Brown, pelas palavras de Rodrigo Nogueira.

O EP homónimo da dupla formada por Afonso Cabral e Salvador Menezes faz parte da mais recente fornada de álbuns lançados pela Optimus Discos, disponível para download gratuito em www.optimusdiscos.com

Seis temas chegam para constatar as características da banda, um disco 'ponderado', com um espírito melódico bem presente e uma preocupação em aliar de forma certeira os instrumentais e as letras.

À dulpa lisboeta juntou-se mais uma dupla de convidados para a construção deste EP: Luís Costa e David Santos. Cada um dos quatro elementos procurou enriquecer o trabalho com a sua versatilidade instrumental.

You Can't Win, Charlie Brown, uma banda e um EP para ir descobrindo, ao longo desta semana, no Produto Interno Bruto.

Mas não nos ficamos por aqui! Esta semana, temos também um Especial Tara Perdida, a propósito do concerto de celebração dos 15 anos de uma das bandas mais emblemáticas do punk-rock nacional.

João Ribas, vocalista e um dos fundadores do colectivo lisboeta, conversa com Ruben Portinha e faz uma retrospectiva do caminho começado em 1995, lançando ainda as pistas para o tão esperado concerto de sexta-feira, na Voz do Operário, em Lisboa.

Entretanto, já são conhecidos os vencedores dos dois convites simples que tínhamos para oferecer: a Joana Palos e o Francisco Piçarra vão a este concerto, de borla, graças ao PIB. Parabéns a ambos e BOM CONCERTO! Depois, não se esqueçam, contem-nos como foi...


Ruben Portinha, 2010-04-13, 14:55h

5 de abril de 2010

“II” dos Duas Semi Colcheias Invertidas no PIB em altas

Depois de uma pequena digressão pela Europa, o colectivo lisboeta «Duas Semi Colcheias Invertidas» gravam o seu segundo registo, “II”, em Barcelona, no final do ano passado.

O grupo existe desde 2007 e teima em não seguir os padrões habituais das bandas de música. É formado por quatro músicos oriundos de vários projectos que acabaram por se juntar e, assim construir um ruído bastante específico, que é visto como sessões terapêuticas que os libertam das tensões e frustrações do dia-a-dia.

Nada melhor do que ouvir, de uma forma livre e gratuita em: http://http.se.scene.org/pub/scene.org/music/groups/enough_records/enrmp242_duas_semi_colcheias_invertidas_-_ii.zip e ainda esta semana no PIB em altas, secções terapêuticas a custo zero com os «Duas Semi Colcheias Invertidas»





Priscila Andrade, 2010-04-05, 00:25h