28 de junho de 2010

Pop Dell’ Arte regressam em altas com «Contra Mundum», esta semana no PIB


Eis o regresso dos Pop Dell’ Arte, com «Contra Mundum», o seu primeiro álbum de originais (em 15 anos), que sai precisamente hoje, 28, e que será apresentado a 15 de Julho no Musicbox.

Este grupo formou-se em 1984 no Bairro de Campo de Ourique em Lisboa, tendo como vocalista (até hoje) João Peste. Actualmente, contam com Zé Pedro Moura no baixo, Paulo Monteiro na guitarra, Eduardo Vinhas nos sintetizadores e Nuno Castedo na bateria.

«Contra Mundum» é uma expressão em latim e foi a escolhida para o título do álbum pois remete para o “remar contra a maré, de ser do contra”, segundo uma explicação dada à imprensa por João Peste. Conta ainda com dois convidados especiais, Simon White (trompetista britânico) no tema “Slave For Sale” e “Diary Of a Soldier” e Rui Vargas também em “Slave For Sale”.

Neste álbum de originais dos Pop Dell’ Arte, podemos ainda ouvir temas como “Ritual Trandisco” ou o a capella “Noite de chuva em Campo de Ourique”.

Não percam esta semana no PIB, mais 3 emissões a transmitir música nacional portuguesa, desta vez, em destaque, o regresso dos Pop Dell’ Arte, assim como a entrevista.


Priscila Andrade, 2010-06-28, 10:00h


21 de junho de 2010

«Humanos Abençoados e Outros Contos» é o alto regresso de Jorge Ferraz, agora em trio


Jorge Ferraz está de volta, com o seu novo disco «Humanos Abençoados e Outros Contos» (lançado a 19 de Junho no Espaço Nimas). Mas, desta vez em trio, com Sapo (nos pratos acústicos e na percussão electrónica - Mão Morta) e José Ferreira (nas guitarras e nos efeitos especiais), juntando-se ainda a estes, as vozes de Adolfo Luxúria Canibal (Mão Morta) e César Zembla (The Great Lesbian Show). Este não é um disco dito 'normal'. Com a música de Jorge Ferraz Trio, com os poemas de Nuno Moura e Ferraz e com as criações visuais de Nuno Leonel e Joaquim Pinto, falamos antes de um poema audiovisual. Este novo trabalho de Jorge Ferraz Trio inclui um CD áudio (com 12 temas, 8 inéditos e 4 reinvenções de temas de antigas bandas de Ferraz) , um DVD com curta-metragem e um livro de Poemas-frase e Poemas-imagens. Não percam esta semana no PIB (exclusivamente, 3ª, 4ª e 5ª feira, à hora habitual, das 14h às 15h), mais uma novidade a nível nacional, abrindo portas para um mundo de Guitar'Trónica, juntando-se-lhe ainda a entrevista com Jorge Ferraz.

Priscila Andrade, 2010-06-21, 13:05h

15 de junho de 2010

«Lights & Darks», o 2º álbum de Rita Redshoes em altas no PIB


Depois do seu primeiro álbum editado em 2008, «Golden Era», Rita Redshoes regressa com «Lights & Darks», editado há precisamente um dia.

“É um disco mais afirmativo da minha personalidade como compositora”, afirma Rita Redshoes, nome artístico de Rita Pereira, à agência Lusa.

«Lights & Darks» - é de luzes e de sombras, é de contrastes de opostos que este disco se compõe. Inspirada por sítios que passou nos últimos 10 meses e de livros que foi lendo, Rita Redshoes acabou por se deixar influenciar pelas mais variadas áreas: na pintura (pelos ambientes renascentistas), na literatura (por escritores como Albert Camus ou Florbela Espanca) e, claro, na música, destacando-se compositores como Les Baxter, Henry Mancini e Arthur Lyman.

Na ficha técnica contamos com Filipe Monteiro nas guitarras e no baixo e Rui Freire na bateria e percussões. Na lista de convidamos temos nomes como Dana Colley (Morphine), Pedro Gonçalves (Dead Combo), Paulo Furtado (The Legendary Tigerman), Ricardo Fiel (ex-Phase, David Fonseca), Paulo Borges (músico da banda de Rita), José Pino (os Shadows portugueses) e The Blue Jeans Band.

“Captain of My Soul” é o single de avanço de «Lights & Darks», composto por um conjunto de músicas menos pomposas e melodiosas (quando comparado com o primeiro álbum), e com uma variedade de instrumentos.

Esta 2ª e 6ª feira acontecem emissões especiais na nossa hora habitual (das 14h às 15h) pelo que o PIB é cancelado. Contudo, 3ª, 4ª e 5ª feira, continuamos a cumprir com o nosso único pacto de transmitir música nacional portuguesa, por isso, não percam a entrevista que temos com Rita Redshoes e a oportunidade de conhecerem melhor este novo álbum.


Priscila Andrade, 2010-06-15, 19h25